sexta-feira, 4 de julho de 2008

Biblioteca corporativa

Disseminar a informação, permitir o acesso à cultura e subsidiar a informação transformada em conhecimento são algumas das funções da biblioteca corporativa.
A biblioteca corporativa deve ser 80% técnica e habilidades e 20% de sensibilidade e conhecimento da cultura organizacional. Reconhecer as necessidades específicas e de abstração do usuário é importante para a integração e disponibilidade da informação.
O projeto “Clube do Livro”, desenvolvido e implantado na indústria petroquímica - Riopol é um exemplo de serviço de abstração que repercutiu como benefício ao funcionário. O Clube se resume a prateleiras distribuídas por prédios existentes na planta e escritórios. O critério de escolha dos títulos é feito através de divulgação interna, no portal, de listas de livros mais vendidos divulgadas na grande mídia para votação dos funcionários e colaboradores. A partir daí, de 2 em 2 meses são comprados os 25 títulos mais votados com a única exigência de que contenha 2 títulos na língua inglesa.
O grande diferencial está na confiança e respeito depositada no funcionário. Ele participa da seleção dos títulos, pelo empréstimo, cuidados com o livro e devolução. Cabe à biblioteca o controle e registro de listas de reservas e cobrança de eventuais empréstimos vencidos.
Considere que, por se tratar de indústria, temos horário de turno, o que em certos casos, impede a integração biblioteca X funcionário e o projeto Clube do Livro desempenha também o papel de aproximar os funcionários.
No início do projeto duvidaram da assiduidade e comprometimento dos funcionários com a devolução e cuidado com os livros emprestados. Chegou-se a ouvir: “-Estão pensando que estamos na Suíça!”.
Mas a biblioteca, parte do CDI – Centro de Documentação e Informação, acreditou na cultura e educação de seus clientes e o retorno foi positivo. A quantidade de livros extraviados tem por característica acidentes, e não roubos ou sumiços. O funcionário procura a biblioteca para se justificar e se oferece para repor o título à coleção.
Neste projeto, foi considerado o funcionário como nosso negócio. E o objetivo é de fazer da biblioteca corporativa a fonte de crescimento no poder de abstração, concentração, criatividade. Parte do treinamento da língua portuguesa e inglesa. Provocar e desenvolver a responsabilidade, cuidado e assiduidade com os livros e bens patrimoniais. Integrar funcionários através de troca de idéias, opiniões e sugestões.

Fernanda Guilhon

2 comentários:

Gabriel disse...

Fernanda,

Parabéns pela reestilização do seu blog. Os tons de verde deram um ar mais sério ao blog, mas com bastante estilo. Gostei!

Sucesso e paciência!

Abraço!

marcoaum@gmail.com disse...

Acreditar na cultura e educação de seus clientes é uma prática saudável e básica a nossa profissão. Parabéns a iniciativa em criar o projeto "Clube do Livro" que é mais um raio de luz sobre o arbitrario e impiedoso capitalismo moderno.
Se tivermos dúvidas que o caminho é esse, nunca chegaremos lá.