quinta-feira, 10 de julho de 2008

Informação, Conhecimento e Conteúdo

Muito se fala da contribuição que as novas tecnologias dão ao profissional da informação. Mas tenho minhas dúvidas: estas tecnologias continuam, realmente, novas? Até quando? Por isso, prefiro citá-las como “avanços tecnológicos”. Outra questão é a conceituação dos termos Gestão da Informação, Gestão do Conhecimento e Gestão de Conteúdos.

Estamos vivendo a chamada “Era do Conhecimento”. A velocidade acelerada da informação globalizada exige mais atuação do ser humano com atitudes de criatividade, determinação, diversidade, entre outras tantas atitudes de inter-relacionamento. É dentro da Era do Conhecimento que encontramos as funções e disciplinas da Gestão da Informação, do Conhecimento e a do Conteúdo.

Em Gestão da Informação encontra-se a base do processo. Aqui se transforma dado em informação. Todas as formas de se arquivar, recuperar, classificar, processar, disseminar, codificar. O profissional desta área é capacitado e munido das ferramentas pertinentes, a orientar usuários e grupos a alcançarem seus objetivos de maneira rápida e precisa, por meio do correto uso da informação.
Gestão do Conhecimento é um processo dinâmico, sistemático e articulado. Apoiado na geração, codificação, disseminação e apropriação de conhecimentos. É um conjunto integrado de ações com o objetivo de compartilhar.
A Gestão do Conteúdo é forma pela qual a informação e o conhecimento serão geridos. O gerenciamento de conteúdo é mais focado em empresas. É entendido de forma mais processual, utilizando ferramentas como apoio para gestão de seus conteúdos e conseqüentemente a base para a gestão de seu conhecimento.

Considerando os conceitos acima, algumas das habilidades que o trabalhador do conhecimento deve ter:

+ Acesso à informação (técnicas e estratégias de busca);
+ Avaliação e validação da informação (uso de referencias e fontes de informação);
+ Organização e proteção da informação (classificar e armazenar a informação);
+ Publicação e disseminação da informação

O “Trabalhador da Informação”, “Profissional do Conhecimento” ou qualquer outra nomenclatura tem a sua função maior o compartilhamento do conhecimento e capital intelectual da organização.




Fernanda Guilhon